quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Divagando

Dia que se vai. Dia que se foi. Noite que já vem. Noite que chegou. No infinito interior. Vejo o futuro. Que sonho. Que quero. As luzes coloridas. Os caminhos incertos. As decisões. As conseqüências. Eu vôo... eu chego... eu vou... De olhos fechados. De mãos abertas. De coisas incompletas. De coisas além...

2 comentários:

Gabriela Lira disse...

oi! Gostei muito do seu blog. Queria add ao meu, mas não sei mexer direito e no meu não aparece aquele link onde adicionamos outros. Se vc puder me indicar. Obrigada

Lis disse...

Ciça,
Não importa quanto nos planejemos, o caminho é sempre incerto. Cheio de curvas que escondem surpresas. E as decisões e as consequências amadurecemos quando as aceitamos. Sem no entanto deixar de imaginar como seria se não tivesse sido.
Viajei. rss
Beijos