sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Esperando

Somos mesmo seres muito curiosos. Esperamos sempre. Por uma viagem. Por um momento. Por dinheiro. Bens materiais. Desejamos. Sonhamos. Esperamos até por alguém especial. Todos os dias fazem parte desse sistema de espera. Podemos também esperar por ações. Esperamos por uma família mais compreensiva. Por amigos mais presentes. Por chefes mais preocupados. Por amores mais intensos. Esperamos sempre por pessoas diferentes. Por momentos mais alegres. E essa espera, pode nos fazer perder o presente. Perder sorrisos fáceis. Amizades verdadeiras. Amores reais. Nós. Você. Eu. Seres humanos tão normais. Porque então esperar pela perfeição? Talvez por algo que tenha nascido conosco. Ou porque simplesmente sempre foi assim. Afinal, de algum lugar essa idéia tem que ter partido. Mas esquecendo um pouco desse ponto. Voltemos ao principal: por que esperar sempre? Não sei. Nem sei também o quão ruim isso pode ser. Talvez a questão principal não seja por que esperar? Mas sim O QUE esperar? Eu sinceramente, sempre espero. Espero pela hora certa. Por coisas nos devidos lugares. Espero por pessoas sinceras. E por pessoas leais. Espero que minha família busque o perdão. Espero que meu amor seja também sempre coração. Espero que meu trabalho me satisfaça. Espero que meus amigos sorriam, sem tensão. Espero pelo dia de sol. Pelos mares de paz. Pelos sorrisos embriagados. Por momentos, a sós. Sempre esperando, talvez errando. Vou vivendo. Mas quem não espera... talvez nunca alcance. E esperar, pode não ser o melhor. Mas quem espera, sonha. Então eu sonho. E só pensando assim é que entendo. Esperar tem um lado bom. E sonhar, faz a minha vida, mais bela.