terça-feira, 24 de maio de 2011

Encaminhando felicidade

Eu vivo querendo ser feliz. E quem não quer? O problema é que como a maioria dos humanos empobrecidos de expectativas, estou sempre focando mais no que perdi do que no que conquistei. Aí então, estava eu aqui poetando com meu teclado e, de repente, veio aquela super percepção. Eu sou feliz! Sou feliz, com falhas, mas sou feliz. Posso não ter algumas coisas, nem a presença de algumas pessoas que me fugiram com o tempo. Mas eu tenho muitas outras alegrias. Conquistei tantas coisas sozinha, lutei, corri atrás. Eu fui muito capaz. Aliás, ser capaz é algo que incomoda muita gente. Talvez isso contribua para que, cada vez mais, nos vejamos como inferiores. Fala sério né! Esse negócio de ser inferior só existe para que tem a alma pobre. Somos todos superiores. Sou superior quando eu abraço meus amigos, quando eu esqueço os imprevistos e quando deixo a irritação no minuto que passou. Inferioridade só existe na cabeça dos inferiores.
Mas voltando àquela conversa de felicidade. Aquela santa felicidade que vivemos buscando. Quando foi que você parou pra pensar no que já conquistou? Fica difícil encontrar felicidade quanto focamos só no que não temos, no que perdemos e no que ficou pra trás. Outro dia estava chorando. Ah! Eu choro muito. E é provável que amanhã eu chore de novo pelo que me afetou ontem. A vida é isso. Essa inconstância de sabores. Num dia tudo é amargo, no outro a gente sorri doçura. O fato é que não importa qual o sabor que te sirvam, importa o sabor que você sente. Por isso tem gente que gosta de doce e outros de salada. Não podemos esperar que nossa vida seja um mar de felicidade se só conseguirmos enxergar o deserto dos nossos erros.
O jeito é se domar. Todo dia é uma luta, com certeza. Mas se domar mesmo, se for com vontade, fica fácil e logo ser feliz vira rotina. Não absorver o mau humor alheio fica automático e perdoar os pobres de espírito pelas suas mal ditas palavras vira felicidade...
Hoje estou tranquila. Amanhã não sei. Mas eu sei que vou sempre tentar, um dia de cada vez, olhar a vida pelos olhos coloridos... preto e branco não combina comigo!

2 comentários:

Suzane disse...

Olha, é verdade, nada de sofrer por antecipação.. como acabei de ouvir de um colega. O FOCO tem de ser nas coisas boas, porque tudo tem um lado bom. O que devemos é: alimentar os pensamentos bons, as coisas boas e deixar o mal, o pessimismo de lado...

Diego Bian disse...

seguindo sua pagina.... follow back?

http://movimentodotogather.blogspot.com/

tank you!