segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Vou.

Eu vou. Comigo a esperança De ser melhor. De ser leal. De ser fiel. Às minhas dores. Aos meus amores. À vida, que tenho, que sinto. Saudades sentirei. Verdades eu já sei. Só me resta escolher. Entre tu e eu. Já que juntos, não podemos ficar.