terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Príncipes

Quando eu era adolescente, costumava sonhar muito com príncipes encantados. Ficava imaginando beijos, abraços, palavras. O tempo passou, fui conhecendo príncipes. Muitos deles viraram sapos. Outros, nunca foram príncipes. Assim, cada dia mais me decepcionei. Hoje já sei que não existem príncipes. Que a vida é bem diferente quando se trata de relacionamentos, e que quase sempre nos machucamos. Algo bem normal se pararmos pra pensar que somos humanos, feitos de carne, osso, coração. Há sim uma grande diferença entre homens e mulheres. Eu sou mulher. Passei a fase adolescente, mas ainda assim por vezes me pego sonhando como menina. Sonhando com alguém que vai me abraçar, me dizer que sou especial e acalmar o meu coração. Sonhando com alguém que me beije e me faça esquecer que o mundo gira. Culpei-me muito por sonhar assim. Culpei-me por não conseguir alguém assim. Hoje, eu só me perdôo. Descobri que por mais que tenhamos a cabeça no lugar e o coração tranqüilo, sempre vamos desviar nossa atenção. Sempre vamos olhar pra algum lugar e desejar estar lá, com alguém que pode não ser perfeito, mas é quem amamos. Descobri também que quando se tratam de sentimentos, somos completamente imperfeitos. Amamos quando não queremos. Perdemos quando mais amamos. Somos o tempo todo testados como se nossa vida precisasse ser colocada à prova, como se nossos atos fossem colocados à prova. Como se o amor que sentimos tivesse que suportar tudo. Perguntei-me muitas vezes que tudo é esse. Perguntei-me se tudo é realmente tudo! Não sei se um dia terei resposta. Só sei que me apaixono, me entrego. De corpo, de alma, de vida. Até que ponto eu erro, eu também não sei. Mas eu vivo cada segundo. Eu me dôo por inteiro, como se o dia de amanhã fosse um detalhe. Infelizmente, sempre acabo mal. Choro. Sofro. Mas sinceramente, hoje posso dizer que sei o que é amor de verdade. Porque não apenas me entreguei, como fiz tudo que podia pra ser e fazer feliz. Fui sincera como nunca antes fui. Senti coisas tão incríveis, que não consigo expressar por palavras. Hoje, o que importa é que posso sentir um abraço, mesmo que só em pensamento, porque meu amor me dá essa alegria. O amor que existe em mim é muito mais do que pensei um dia ter. E é ele que me faz acreditar que valeu a pena. Valeu cada dia. Cada palavra. Cada toque. Valeram os beijos. Valeram todos os dias. É esse amor que me faz perdoar as ofensas. Perdoar as dores (que sinto), as perdas. Perdoar pela saudade do que um dia tive... pelo orgulho. Eu amo. É isso que há em mim. E sim, continuarei a pensar que os relacionamentos são difíceis. Mas são tão bons, que não se pode parar. Amar é muito bom. Mesmo que depois uma bomba exploda e jogue tudo para o alto. A verdade é que mesmo sem príncipes, há os homens, que são muito melhores, porque são tão humanos quanto nós. Eu te amo!

4 comentários:

Lis disse...

Oi Ciça,
Ah, sempre vale a pena amar. Às vezs a gente até diz que não, mas não há nada que nos faça sentir mais viva, que a adrenalina de uma paixão, de um amor...

Problemas existem em todas as áreas da vida, aliás faz parte da vida.

E as dores o senhor Tempo cura todas.

Ame e aproveite muito

Beijinho

Rayos de Luna disse...

Oi Ciça, passeando de blog em blog encontrei o seu e gostei muito, ainda não pude ler muito, q estou na correria, mas c esse seu último me identifiquei bastante.Acho q os sentimentos de corações apaixonados por muitas vezes acabam torando-se semelhantes não é? Que diria daquelas músicas q ouvimos no rádio e parece q roubaram a letra de nossa gaveta? rsrs
Parabéns pelo blog e te faço convite pra da uma espiadinha nos q faço parte...
Rayos de Luna >> www.raianareis.blogspot.com - textos assim, qdo o coração quer falar mais alto...
e o Salivando >> www.salivando.wordpress.com - sou co-autora com um amigo e vamos discutindo temas dos universos femininos x masculino, avessos ou em comúm.
Abraços.

Lis disse...

Oi!

Passando pra dar um alô!

Boa semana, beijos

Melsavinon disse...

OI lindona!Td bem!!!
É isso aí...vamos brindar o amor sempre!!!Saudades de vc!bjs